BOMBINHAS – SANTA CATARINA

Bombinhas é a Capital do Mergulho Ecológico e um dos mais belos refúgios de Santa Catarina.
Localizada no extremo leste da península de Porto Belo, única do Sul do Brasil, Bombinhas está a menos de 1 hora de Florianópolis e Navegantes, cidades dos principais aeroportos do litoral catarinense. O acesso rodoviário é feito através da BR101, duplicada, permitindo uma viagem rápida e tranquila.
As principais atividades econômicas de Bombinhas são, em primeiro lugar o turismo, seguida da maricultura, com a criação de mariscos e ostras, e da pesca artesanal.
Devido ao encontro de diversas correntes marinhas nessa região, a quantidade de peixes e outros organismos marinhos é bastante elevada, permitindo uma pesca farta.

Com uma população de aproximadamente 17 mil habitantes, Bombinhas se destaca pela hospitalidade de seu povo, e pela grande diversidade paisagística, formada por praias, costões, pequenos córregos e ribeirões, e a exuberante mata atlântica. Bombinhas é hoje um dos balneários catarinenses mais procurados pelas famílias que buscam paz e tranqüilidade durante as suas férias.
Apesar de seu rápido desenvolvimento urbano, o município mantém a sua característica de local bucólico e aconchegante, preservando a qualidade de vida da população local e visitantes.

Bombinhas: bombinhas.com

Divirta-se!


O QUE FAZER  |   QUANDO IR   |   TURISMO   |   GASTRONOMIA
HOSPEDAGEM   |   CURIOSIDADES   |   FOTOS   |   DICAS   |   MAPA


O QUE FAZER 

Bombinhas é o destino ideal para realizar diversas atividades de lazer e esportes de natureza, como caminhadas na praia, escaladas, trekking, rappel, surf, mergulho, windsurf, entre outros. O município oferece natureza em abundância, com cenários de infinita beleza e harmonia, satisfazendo tanto os aventureiros em busca de adrenalina e desafios, quanto as famílias que escolheram Bombinhas com um refúgio natural de descanso.

Por localizar-se em uma península (única no sul do Brasil), possui grande diversidade de paisagens, formada por praias, costões, diminutos estuários, dunas, mangues, restingas e a exuberante Mata Atlântica. Bombinhas também possui unidades de conservação que são referenciais atrativos para a prática de ecoturismo, como o Parque Municipal do Morro dos Macacos, Parque Municipal da Galheta e a Área de relevante interesse ecológico da Costeira de Zimbros. 

Não deixe de conhecer a praia da Sepultura e Retiro dos Padres.

VOLTAR AO MENU

QUANDO IR

Bombinhas é uma cidade maravilhosa, mas pode ser muito caótica no verão. A cidade possui apenas duas entradas e saídas (mas apenas uma é conhecida), o que complica BASTANTE o trânsito. Praias, hospedagens e restaurantes ficam lotados e o preço abusivo. Após a segunda quinzena de Janeiro o movimento começa a cair, mas é depois do carnaval que é gostoso curtir a cidade, pois os preços voltam ao normal, a cidade não fica disputada e você terá tempo de conhecer todas as praias.

Embora após o carnaval grande parte do comércio fecha até dezembro ou apenas para período de férias, é possível sim comer em lugares gostosos e se hospedar bem.

VOLTAR AO MENU

TURISMO

MORRO DO MACACO

MIRANTE ECO 360

MUSEU SHURMANN

MUSEU COMUNITÁRIO ENGENHO DO SERTÃO

MUSEU E AQUÁRIO MARINHO

MIRANTE DE BOMBAS

VOLTAR AO MENU

GASTRONOMIA

Prós: Variedade de cardápio e restaurantes.
Contra: Na temporada os preços praticamente duplicam, e a cidade fica lotada, as vezes tem que comer onde tem vaga e não aonde você quer. Os 10% são muito valorizado e o atendimento nem sempre é bom.

PRATOS TÍPICOS:

  • Taínha

ESTRUTURAS:

  • Churrascarias
  • Fast Food
  • Pizzarias
  • Restaurantes
  • Sushi
VOLTAR AO MENU

HOSPEDAGEM

Prós: Ótimas pousadas, hotéis, tanto bera mar quanto próximos a praia.
Contra: As vezes as hospedagem, principalmente se for aluguel, pode ser furada, pois não existe um zelo com as casas / aptos podendo apresentar defeito e com preços bem altos.

  • Campings
  • Chalés
  • Hostels
  • Hotéis
  • Pousadas
VOLTAR AO MENU

CURIOSIDADES

  • Bombinhas se emancipou em 1992. 
  • Diz a lenda que Bombinhas recebeu este nome pois a areia de suas praias encontrava-se uma espécie de mineral que ao ser pisado “estalava” originando o nome da cidade.
VOLTAR AO MENU

FOTOS

.
VOLTAR AO MENU

DICAS

  • No inverno é possível avistar baleias
  • Proibido prática de esportes nas praias na época da pesca da Tainha
  • Informe-se sobre a TPA (Taxa de Preservação Ambiental) para entrar na cidade no período do Verão
VOLTAR AO MENU

MAPA

VOLTAR AO MENU

Opa! Tem algo errado! Quero sugerir uma correção!

Eu gostaria de acrescentar uma informação!